quarta-feira, 7 de setembro de 2011

PATRIA AMADA


      
                                                 PATRIA  AMADA
                                                Hoje o rio que dorme
silencioso no meu eu,
despertou molhando meu rosto
 já cansado pelas caminhadas 
da vida.
Senti o peso da saudade
 e refleti que só sente
saudades quem ama
 quem tem  retalhos de
 vida mergulhado no amor do florescer.
Voltei ao tempo e relembrei
detalhes de uma vida,
onde o amor era a prioridade
de um ensinamento familiar
cresci aprendendo
 amar pátria amada.
O sete de setembro
era um dia especial
para meus pais.
Hoje tudo mudou
mais as lembranças
estas, jamais serão apagadas.
Os retalhos de vida
ficarão escritos em prosa e versos
onde passei para
meus filhos
e os mesmo passara
para os seus
tornando ainda mais a
Pátria amada, idolatrada salve  salve
Brasil
O amor esta no ar
Pode respirar
Oriona

Nenhum comentário: