quinta-feira, 10 de junho de 2010

Lula diz DURANTE MUITO TEMPO POLITICA BRASILEIRA ESTAVA APODRECIDA

A gente pode fazer política sem perder o caráter, sem perder a vergonha. Fazer política não é uma relação entre clube de amigos. A relação não é pessoal, é entre entes federados. Não quero saber se Deda gosta ou não de mim. Quero saber se o povo do estado precisa de ajuda", afirmou
Presidente Lula durante entrega de novos ônibus escolares do programa Caminho da Escola, emAracaju (SE) (Foto: Ricardo Stuckert PR)FALOU, PODEMOS FAZER POLÍTICA SEM PERDER O CARÁTER,FALOU AINDA,
que durante "muito tempo" a política no país esteve "apodrecida”. Lula afirmou que jamais negou recursos a prefeitos e governadores de partidos de oposição, ao contrário, segundo ele, dos governos anteriores, que deixavam adversários políticos “morrendo de sede”.
"Antes de mim quanto os outros presidentes colocaram aqui nesse estado? E nós não estamos colocando aqui porque o [ governador de Sergipe,] Marcelo Deda, que é do PT, ou [prefeito de Aracaju] Edvaldo [Nogueira] é do PCdoB. Em São Paulo, que pergunte para o [prefeito Gilberto] Kassab, que é do DEM, que pergunte para o [José] Serra (PSDB), que é nosso adversário", disse Lula, durante Cerimônia de inauguração de unidades habitacionais do residencial Sebastião Celso de Carvalho e de entrega de ônibus do Programa Caminho da Escola, em Aracaju (SE).
“E faço isso porque acho que a política está ficando empobrecida e durante muito tempo [esteve] apodrecida porque prefeito que não era do mesmo partido do presidente morria de sede, vivia a pão e água”, disse Lula. De acordo Lula, um dirigente deve servir a todos os estados de acordo com as necessidades da população, independentemente do partido que governa a região.
presidente disse que houve uma mudança no "padrão da política no país" e conclamou a imprensa e os adversários políticos a compararem as realizações do atual governo com o que foi feito nos 20 anos anteriores.
"Se os adversários e a imprensa quiserem, podem cobrir qualquer área que quiser, tecnologia, educação, asfalto, linha de transmissão, podem comparar oito anos nossos com 20 anos dos outros governos", disse. Como faz em quase todos os discursos, Lula voltou a dizer que apesar de não possuir diploma universitário, foi o presidente "que mais fez pela educação". Segundo o presidente, os governantes anteriores não investiam em universidades porque "naõ tiveram dificuldades na vida.
"Por que os outros não fizeram ? Porque não tiveram dificuldade na vida. Eles convivem num ambiente de gente que fez universidade. Não tem obrigação de saber o que acontece com outra parcela da sociedade", afirmou.
Lula elencou feitos do governo e disse que “muita gente” tenta esconder os avanços conquistados nos últimos anos. Segundo ele, o “país” de maior inclusão social e ampliação do crédito à classe pobre não aparece na imprensa.

Nenhum comentário: